Filmes

01 março 2009

Histórias de amor no grande ecrã

Clark Gable (Rhett Butler) e Vivien Leigh (Scarlett O`Hara) protagonizaram em «E Tudo o Vento Levou» (1939), de Victor Fleming, uma das histórias mais românticas de sempre.

Em 1942, surge outra referência incontornável: Rick (Humphrey Bogart) e Ilsa (Ingrid Bergman) vivem em «Casablanca», de Michael Curtiz, um amor que ficou no passado mas sonha perpetuar-se no tempo. Quem não se recorda da frase: «Teremos sempre Paris».

Num registo diferente recordamos o filme de Arthur Penn «Bonnie e Clyde» (1967). «Eles são jovens, apaixonados e... matam pessoas!» Esta era a frase promocional de uma história protagonizada por Warren Beatty e Faye Dunaway, um casal de criminosos.

E Brooke Shields e Christhopher Atkins em «A Lagoa Azul», um filme de 1980? Duas crianças crescem juntas numa ilha após um naufrágio. Sobreviveram e apaixonaram-se!

Outro par inesquecível: Michelle Pfeiffer e Daniel Day-Lewis em «A Idade da Inocência» (1993). Um filme dirigido por Martin Scorsese, sobre uma relação em que o amor (também) pode ser um desastre.

Em 1997 um dos romances mais marcantes do final do século XX juntou Leonardo DiCaprio e Kate Winslet, no histórico «Titanic», de James Cameron.

Sandra Bullock e Keanu Reeves protagonizam «A Casa da Lagoa». Kate Forster (Sandra Bullock) é uma médica solitária, que morava numa casa à beira de uma lagoa. Um espaço ocupado posteriormente por Alex Wyler (Keanu Reeves), um arquitecto frustrado. Kate passa a trocar cartas com Alex, com quem mantém um relacionamento... à distância de dois anos.

Meg Ryan e Tom Hanks juntam-se em 1993 em «Sintonia de Amor». O filho de Sam Baldwin (Tom Hanks) está preocupado com a tristeza do pai (viúvo há ano e meio) e decide ligar para um programa de rádio à procura de uma namorada para o progenitor. Longe dali está Annie Reed (Meg Ryan) que durante uma viagem de carro ouve a mensagem e... acaba por apaixonar-se!

Em «Lady Chatterley» assistimos a um romance escaldante. A atração entre Constance (Marina Hands) e Parkin (Jean-Louis Coullo'ch) desperta no casal um desejo nunca antes experimentado.

«Mr. and Mrs Smith» é um filme de 2005 realizado por Doug Limon que assinala o encontro entre um dos pares mais mediáticos de Hollywood: Angelina Jolie e Brad Pitt. O amor ultrapassou a tela e os dois actores são um dos casais do momento.


Clint Eastwood e Meryl Streep em «As Pontes de Madison». O filme de 1995 é realizado por Clint Eastwood e conta a história de Francesca uma italiana solitária, casada, (Meryl Streep) que se envolve com um fotógrafo da Revista National Geographic (Clint Eastwood) que vai até ao Condado de Madison, em Iowa, para fazer um ensaio fotográfico das pontes cobertas aí existentes.

«O Guarda Costas» é um filme de 1992 realizado por Mick Jackson. Um guarda-costas (Kevin Costner) envolve-se numa história de amor, com uma cantora famosa, (Whitney Houston) depois de contratado para protegê-la

«Cidade dos Anjos» é um filme de 1998, realizado por Brad Silberling e protagonizado por Nicolas Cage (Seth) e Meg Ryan (Maggie Rice). O filme conta a história de um anjo que se apaixona por uma mortal desistindo da eternidade para viver um grande amor.

«Véu pintado» é outra história de amor passada nos anos 20, que nos conta o romance de um jovem casal britânico: Walter (Edward Norton) um médico da classe média e Kitty (Naomi Watts), uma mulher da alta sociedade.

E ainda... «O Leitor», «Orquídea Selvagem», «Dirty Dancing», «Ghost», «Lazoa Azul», «Monsters Ball», «Oficial e Cavalheiro», «O Paciente Inglês»